Alagoanos descobrem as belezas de Mar Vermelho

Compartihe

Claudio Bulgarelli

O inverno já passou e pandemia vai aos poucos diminuindo sua intensidade. Durante o período chuvoso, muitos alagoanos, com as praias, de certa forma, fechadas, descobriram novos destinos no interior. Um desses, para passar fins de semana, se tornou uma das melhores opções.  Mar Vermelho, pouco mais de 100 km de Maceió, que tem cachoeiras e serras e até noites mais amenas mesmo durante o calor do verão.

O clima serrano do local, que lhe rendeu a denominação de ‘Suíça Alagoana’, por ser frio e seco, é bastante aconselhado pelos especialistas para auxiliar no tratamento das doenças do aparelho respiratório. Todas essas características já são mais do que suficientes para percorrer os poucos mais de 100 km distância entre Maceió e a principal cidade do Circuito de Serra alagoano. Além disso, o município fica em uma região de Mata Atlântica e tem um grande potencial de turismo ecológico, com trilhas, serras e cacheiras. Tem um restaurante especializado em gastronomia mineira na serra da cidade, um dos pontos mais altos do município.

E tem também a Lagoa Vermelha, que deu origem ao nome da cidade. O lugar é lindo, com trilhas que saem da cidade em direção ao alto das serras. Assim Mar Vermelho tem se tornado um destino com sabores, trilhas e cachoeiras para qualquer estação. Têm bons restaurantes e pousadas fantásticas para quem quiser se hospedar.

E esta nos planos e objetivos do prefeito André Almeida, projetar Mar Vermelho no circuito regional do turismo, aliando investimentos no setor e na própria infraestrutura da cidade, ampliando a divulgação e contando sempre, é claro, com todas as riquezas naturais existentes na região.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *