Empreendimentos turísticos criam projeto para recuperação da restinga na Rota Ecológica

Compartihe

Claudio Bulgarelli

A Costa dos Corais, criada com reserva marinha nacional para proteger a biodiversidade das barreiras de corais da região Norte de Alagoas, localizada entre a Praia de Ipioca, ainda em Maceió e Maragogi, e depois como santuário para proteção do peixe boi marinho, espécie em via de extinção, adotou mais recentemente uma política de preocupação ambiental com a proteção de área de restinga existente na maioria das praias do Litoral Norte de Alagoas.

Restinga é um termo utilizado para definir as diferentes formações vegetais estabelecidas sobre solos arenosos que ocorrem na região da planície costeira. Por estar localizada entre os ambientes marinho e continental, a restinga possui uma enorme fragilidade, sendo constantemente afetada por processos naturais de deposição e erosão marinha e de drenagem fluvial. Essa vegetação presente no litoral alagoano exerce uma série de bens e serviços socioambientais, dentre eles a fixação de dunas litorâneas, que juntas formam não só um ecossistema rico em espécies de fauna e flora endêmicas, mas também protegem o litoral de eventos erosivos das ondas e marés.

Nessa onda de preservação e de recuperação da área de restinga, clubes de praias, condomínios e empreendimentos hoteleiros da região estão assumindo posições em defesa dessa importante vegetação. O primeiro clube de praia a anunciar a ampliação da área protegida da restinga existente em frente ao empreendimento foi o Milagres do Toque Beach Club, pioneiro em São Miguel dos Milagres. Para ter acesso à praia, por exemplo, foi feita uma ponte de madeira sobre a vegetação, como forma de evitar o pisoteio.A ideia agora é ampliar em alguns metros essa vegetação de restinga, que é um terreno arenoso e salino, próximo ao mar e coberto por plantas herbáceas. A diretoria do Milagres do Toque pretende ver com o IMA e especialistas, as melhores técnicas de plantio da restinga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *