Pesquisa revela que turismo de negócios é o novo segmento a ser explorado na Rota Ecológica

Compartihe

Claudio Bulgarelli

A Rota Ecológica, trecho de pouco mais de 30 quilômetros no coração da Costa dos Corais, Litoral Norte de Alagoas, região que abrange Passo de Camaragibe; cidade natal de Aurélio Buarque de Holanda; São Miguel dos Milagres e Porto de Pedras, que já criou o turismo de luxo com suas pousadas de charme,  o turismo de eventos, com suas grandes festas de fim de ano e a gastronomia de experiência, com uma culinária criativa e inovadora em seus muitos e qualificados restaurantes, vem  despertando ultimamente para um novo tipo de atividade, que é o turismo de negócios.  

O turismo de negócios é um segmento considerado ainda muito recente no ramo de atividade das viagens, porque a pessoa que viaja a trabalho ainda não é considerada turista. Na verdade, as pessoas que vão fazer negócios, apesar de estarem viajando a trabalho, acabam fazendo uso dos mesmos serviços daqueles que vão a passeio, como pousadas, restaurantes e passeios.

Segundo uma pesquisa do consultor imobiliário e empresário Kenny Wilson, que vive na região há seis anos, muitos profissionais de outros estados estão vindo para a região prestar serviços de consultoria, como também empresas se instalando para o novo boom imobiliário do Litoral Norte, que é a Rota Ecológica. Em seu levantamento nas prefeituras, dados mostram o crescimento abrupto de empreendimentos imobiliários, de residencial a comercial, causando grande impacto na economia local.

Em consequência, surgem obras de infraestrutura, como pavimentação, calçamento, e início de projetos de saneamento, que são elementos cruciais para o desenvolvimento. E diante de tantas novidades, o empresário observou algo incrível, já que é possível analisar um fato de grande importância: o turista de negócios apresenta maior gasto médio do que o turista de lazer. Na verdade, segundo sua pesquisa, o turista de negócios retorna mais vezes, e tem maior permanência no destino.

“Esse turismo de negócios contribui ativamente para engrandecer o turismo como um todo. E ao conversar com alguns profissionais de outros estados, descobri que para a maioria deles a viagem de negócios se torna, inclusive, mais prazerosa, pois existe a possibilidade de emendar os finais de semana para desfrutar de algum descanso e lazer. E esse tipo de divulgação, acompanhado de publicidade em mídias digitais, faz com que toda esta cadeia retorne logo em seguida com familiares e amigos, para negócios e lazer´´, finaliza o empresário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.