Conjunto de atrações turísticas de Paripueira atrai cada vez mais turistas

Compartihe

Claudio Bulgarelli

Sucursal Região Norte

A partir dessa semana a Tribuna Independente dá inicio a série de reportagens de verão sobre as praias do Litoral Norte. Nossa primeira parada é Paripueira, onde a natureza foi exageradamente caprichosa, cuidadosa e exigente na costa do município, considerado como o portão de entrada da Costa dos Corais. Sua maior atração turística, a menos de 1 km da praia, com mais de 6 km de extensão, as piscinas naturais ostenta uma fama, que turisticamente, já representa o passo mais importante para o segmento da região.

Mas a costa de Paripueira, entre a foz do rio Sauassuy até na divisa com Barra de Santo Antônio, na praia de Tabuba, passando pelas belíssimas praias de e Costa Brava e Sonho Verde, reúne um amplo conjunto de atrações turísticas. Por assim dizer, Paripueira é um município totalmente voltado para o turismo, seja pelo seu conjunto de belezas naturais como por sua pouca distância de Maceió. E pode se gabar de estar inserido dentro da área que abriga a segunda maior reserva de corais endêmicos; ou seja, podem ser encontrados somente no local; do mundo. De Tamandaré, em Pernambuco com 15% até a Praia de Pratagy, em Alagoas, com 85% do total, os corais fazem parte de um rico ecossistema que deve ser corretamente explorado, mas obrigatoriamente preservado.

Vistas do alto, em voos rasantes de drones, elas formam talvez a mais bela fotografia desse litoral. Mas o conjunto de piscinas naturais de Paripueira, que começou a ser corretamente explorado através de ações empresariais nos últimos anos com iniciativa do Receptivo Mar & Cia, preservam toda a exuberante natureza local é mais um quadro desse universo que compõe a beleza de Alagoas. É um passo adiante na conquista de um destino realmente especial no litoral Norte.

Conhecer essa região é pensar no firme propósito de que ela precisa ser preservada. Nos últimos anos o fluxo de turismo teve um considerável aumento em função do forte apelo paisagístico natural e da implantação de programas de apoio ao desenvolvimento do setor. Se de um lado o turismo representa uma das principais alternativas econômicas, é inegável que resulta em impactos sobre o ambiente e a cultura de algumas comunidades que habitam a área. Iniciativas como do Projeto Recifes Costeiros, que vem afirmando na necessidade de implantar um modelo de turismo sustentável, será certamente abraçado pelo novo secretário de Turismo de Paripueira, Antônio Moura.