Cabo Bebeto organizou despedida de Alfredo Gaspar, andou com Renan Filho e agora perdeu a memória?

Compartihe

Com a colaboração do jornalista Bernardino Souto Maior

O deputado estadual Cabo Bebeto tem tido uma postura bastante contraditória em relação a um passado não muito distante. Quando Alfredo Gaspar de Mendonça foi secretário de Segurança Pública vivia aplaudindo a quem fazia questão de dizer nos quatro cantos: “Dr Alfredo é meu amigo”.

Quando houve a determinação do Supremo Tribunal Federal para que promotores de Justiça que ocupavam cargos públicos retornassem às suas instituições, o cabo Bebeto, que logo depois seria eleito deputado, organizou a despedida de Alfredo Gaspar, pedindo até que os servidores da Segurança Pública, policiais civis e militares vestissem preto para significar luto. Uma faixa foi colocada na frente do prédio, ele chorou de tristeza durante seu discurso, pela saída de Alfredo Gaspar da Secretaria.

Durante campanha andava lado a lado com Renan Filho e fazia questão de enaltecê-lo por onde andava: era o melhor, o mais preparado e seu candidato merecia ser eleito.

 Mas, de repente, parece que o cabo Bebeto teve princípio de Alzheimer e esqueceu tufo o que falou sobre Alfredo Gaspar, as caminhadas que fez e os abraços no governador e  declarou apoio ao novo amigo do peito, JHC.

Será que a Nasa explica? Ou a Cientologia?