Lívia Carla, nova prefeita da Barra de Santo Antônio, vai valorizar o comércio e o turismo

Compartihe

Os eleitores da Barra de Santo Antônio amanheceram na segunda-feira, um dia depois das eleições, com a certeza de que tinha feito à escolha certa ao eleger a atual vice-prefeita em mandato, Lívia Carla, para ocupar o cargo máximo no município a partir de janeiro. Com um discurso simples de palavras compreensíveis, mas fortes, a nova gestora agradeceu, primeiramente a Deus e depois ao povo da Barra por ter lhe dado à oportunidade de comandar os destinos de um dos mais importantes municípios da Região Norte por quatro anos.

A futura gestora afirmou que a valorização da família, que é à base de qualquer sociedade, o comércio, que é a valorização do trabalho das pessoas e o turismo, que é a valorização dos recursos que chegam de fora, serão três dos muitos pilares, de uma sua gestão. “Vamos destinar os recursos para manter a dignidade da população, com saúde e educação em primeiro lugar. Depois investir na família, no comércio e no turismo´, afirmou Lívia Carla.

Um de seus assessores foi categórico ao dizer que foi uma das campanhas mais simples já realizadas. “Fizemos uma campanha quase sem recursos, confiando numa população que carecia de mudanças. Como todos sabem que Lívia Carla é uma mulher de caráter, princípios e que serve, acima de tudo, a Deus, a surpresa foi uma das melhores coisas que tivemos no domingo a noite´´.

A atual vice-prefeita, Lívia Carla da Silva Alves (PTB), foi eleita com 4.899 votos, obtendo 53,19% dos votos válidos dos eleitores da Barra de Santo Antônio. Em segundo lugar ficou a atual prefeita Emanuella Moura (DEM) com 4.311 votos (46,81%). A nova prefeita eleita celebrou o resultado com apoiadores na cidade e comentou que o resultado do pleito municipal é fruto do trabalho de campanha ao longo do pleito eleitoral. O vice-prefeito eleito é Cleber Malta.

Foram eleitos os nove vereadores: Nise Vasconcelos (DEM) 481; Alex Casado (PL) 417; Júnior do Carneiro (DEM) 345; Adalio Rios (PTB) 316; Robson da Farmácia (PTB) 315; Rico (PL) 300; Lessa (DEM) 286; Marinete Parteira (PTB) 285; Professor Marcio Moesio (DEM) 256; Simony Farias (PL) 251 e Gustavo Melo (PP) 167.