Kaika desiste de candidatura em Porto Calvo

Compartihe

O candidato ao cargo de prefeito em Porto Calvo, Carlos Eurico Leão, o “Kaika”, do PSD, apresentou a renúncia de sua candidatura de forma irrevogável  na 14ª Zona Eleitoral na tarde desta quinta-feira, 8. Sua decisão aconteceu depois que o Ministério Público Eleitoral solicitou no dia 24 de setembro a cassação do registro de sua candidatura com base na Lei da Ficha Limpa.

O Ministério Público Eleitoral informou na ação de impugnação ao registro de candidatura que Carlos Eurico Leão e Lima foi condenado pelo TRF5 pelos crimes de corrupção passiva, antigo formação de quadrilha ou bando e apropriação de recursos públicos (Decreto-Lei 201/67). O MPE também argumentou na ação que Kaika teve os direitos políticos suspensos por seis anos em consequência da decisão transitada em julgada em consequência da Operação Gabiru (deflagrada em maio de 2005).

Também nesta quinta-feira (8) o Diretório Municipal do Partido Social Democrático (PSD) deliberou pela substituição da candidatura do ex-prefeito por Carla Maiara da Silva Santos, que é esposa de Carlos Eurico Leão e Lima. A candidata a vice-prefeita Maria José de Melo “Mariinha” permanece com a mesma função na chapa majoritária.