Misa poderá ser a grande surpresa nessas eleições para vereador

Compartihe

Em qualquer eleição que se preze no Brasil, sobretudo aquelas municipais, como muitos sabem não é um

a conta simples a fazer, pois nem sempre o candidato que teve mais votos ganha a eleição. É preciso, por exemplo, que a sua chapa seja bem votada para que ele conquiste uma cadeira na câmara de vereadores. É que o cálculo de votos para a eleição de vereador leva em consideração conceitos como quociente eleitoral, quociente partidário, média e as chamadas sobras. Isso decorre do fato da eleição de vereadores ser baseada no sistema proporcional de votação, por meio do qual, nem sempre quem tem o maior número de votos é eleito.

Se pegar essa situação por bairros, onde candidatos tem fortes bases, como no Benedito Bentes e no Jacintinho, é mais fácil de entender, porque esses bairros podem eleger de 2 a 3 vereadores. No Jacintinho muitos candidatos a vereador têm fortes bases eleitorais. Alguns nomes se destacam: Nery Almeida e Misael Silva, o Misa, em primeiro lugar. Tem ainda nomes como Ciro Borges e Mario Farofa. Desses nomes os que mais se destacam são Nery e Misa. Na eleição passada Nery teve 3.436 votos e não foi eleito. Misa, por sua vez, será testado nas urnas pela primeira vez.

A pergunta é: Misa tem mais chances de se eleger que Nery Almeida nesse momento. O que ocorre é que nas contas de bastidores, Misa chegará aos 3 mil votos e pode até surpreender diante do bom volume da sua campanha, e isso basta para que ele seja o segundo mais votado do PTC, já que nas contas dos candidatos o PTC fará dois vereadores.

Já a situação de Nery Almeida é bem mais complicada, ele está na chapa do MDB, que tem vários vereadores fortes e muitos candidatos com bastante potencia. Então é uma eleição difícil, quem tiver menos de 6 mil votos nessa chapa poderá ficar de fora.